O retorno do Myspace?

O retorno do Myspace?

Nos dias de hoje rede social é sinónimo de Facebook, mas antes da supremacia dos "Gostos" existiram outras redes que fizeram furor, uma das quais foi o Myspace.Passara-se alguns anos, e para além do Facebook, fala-se do Twitter, do Tumblr e do Pinterest, entre outras, e o Myspace foi sendo esquecido. Mesmo a sua última encarnação enquanto rede social para músicos não foi suficiente para lhe devolver alguma da glória passada.
Ora, nos últimos meses, e em particular nesta última semana, o retorno do Myspace tem sido um tema muito falado. Comprada aos anteriores donos por 35 milhões de dólares, após ter sido redesenhada, a nova gestão não tem conseguido os resultados comerciais esperados através da venda de publicidade, já que este mercado tem sofrido alterações com os anunciantes a preferirem soluções de leilões de anúncios em tempo real.

Mas isto não foi o fim do novo Myspace: a Interactive Media Holdings, para além de ter recebido financiamento de investidores como o Justin Timberlake, está agora a tentar angariar mais 50 milhões de dólares em financiamento que lhes permitam transformar esta rede social numa alternativa aos sistemas de subscrição musical como a Pandora e o Spotify.

Mais informação e links para informação relacionada no Business Insider.