Plano de comunicação: o ponto de partida de qualquer marca

Plano de comunicação: o ponto de partida de qualquer marca

Antes de iniciarmos qualquer tipo de comunicação, seja ela offline ou online, é extremamente importante estabelecermos um plano que nos permita atingir os nossos objectivos da forma mais eficaz e rentável possível.

A preparação prévia da comunicação evita muitas surpresas no futuro e acima de tudo permite construir uma marca de forma coerente e credível.

O que é o plano de comunicação?

Um plano de comunicação pode-se "resumir" em saber tudo o que está relacionado com a área de intervenção da empresa e aplicar a sua identidade e os seus factores de diferenciação a uma estratégia que dê à marca o seu lugar próprio no mercado.

É mais fácil dizê-lo do que concretizá-lo, mas existem alguns pontos base que devem ser sempre analisados.

A marca

O ponto de partida de um plano de comunicação é a marca. A sua identidade, o que a torna diferente de tudo o resto, as mais-valias que oferece ao consumidor. É esta diferenciação, que pode ser simplesmente ao nível do preço ou em termos de inovação de produto, que vai ditar toda a estratégia posterior.

É fácil, e muitas vezes tentador, comunicar uma marca sem grande preparação ou planeamento mas o resultado pode vir a ser perigoso para a marca e torna-la "esquizofrénica" caso o consumidor fique confuso com a mensagem e seja incapaz de a definir ou posicionar. 

O mercado

Ao divulgar uma marca através da internet é fundamental a análise do consumo on-line nesse mercado. No mercado europeu, por exemplo, é notória a diferença de país para país quer na forma como se consume on-line, quer no tipo de consumo de cada população. Alguns países europeus valorizam a ecologia e o desenvolvimento sustentável, outros dão um peso muito importante ao preço por exemplo.

De país para país existem ainda diferenças no valor do consumo por segmento de produto. Apesar de alguns grandes mercados gastarem muito em determinado tipo de produtos, a percentagem per capita (ou por família) é por vezes baixa quando comparada com outros que, apesar de possuirem rendimentos médios inferiores, dão a certos produtos um peso superior no orçamento familiar.

Existem, para além destes, muitos outros factores que podem influenciar o sucesso de uma marca, e todos eles devem ser conhecidos e reconhecidos para que no momento da divulgação não surjam surpresas.

A concorrência

Claro que uma marca raramente está sozinha: mais cedo ou mais tarde, uma ideia com sucesso é sempre copiada. No caso de muitos produtos de consumo já existentes, a concorrência é feroz.

Para ganhar quota de mercado, não é suficiente para uma marca ser diferente, também tem de o comunicar. Sabendo o que é que diferencia a nossa marca da concorrência, é possível criar uma comunicação única aos olhos do consumidor. Mesmo em mercados já saturados, e especialmente nesses, é possível criar um nicho e sermos reconhecidos como os especialistas nesse nicho: basta saber comunicá-lo!

Os objectivos

No lançamento de uma marca, quais são os objectivos pretendidos? Vender todo o stock inicial? Desenvolver durante os dois primeiros anos de vida da empresa notoriedade para que a partir daí seja fácil e simples encontrar parceiros locais com os quais possamos desenvolver relações comerciais para uma distribuição local?

Podem existir imensos objectivos mensuráveis e é suposto que o marketing tenha uma verba para os conseguir alcançar. Esse valor deve ser gerido e alocado estratégicamente de forma a que os objectivos possam ser facilmente atingidos e os resultados sejam cada vez melhores.

É fácil gastar dinheiro em comunicação e não ter a noção do retorno, mas também é fácil gastar pouco e ter retornos mensuráveis. Para isso basta ter uma estratégia e um planeamento prévio que permita acompanhar o trabalho de comunicação da marca.

A comunicação

Antes de comunicar, é importante saber exactamente como, onde e quando se vai comunicar. Um plano pré-estabelecido é uma base essencial para que todo o dinheiro gasto o seja de forma a que a empresa venha a recolher os lucros no futuro.