SEO? Sim, mas não se esqueça dos conteúdos.

SEO? Sim, mas não se esqueça dos conteúdos.

Tem-se falado bastante, nos últimos meses e cada vez com mais destaque, da importância que os conteúdos originais têm na conquista de bom lugar no ranking das pesquisas orgânicas no Google. Por esse motivo, há cada vez mais especialistas (como por exemplo Ken Krogue, na revista Forbes), a falar no fim do SEO como o conhecemos e do começo de uma nova era em que os conteúdos são rei e rainha.

Ter um site com conteúdos originais, para além de permitir um bom ranking em termos de pesquisas orgânicas, também acaba por melhorar os resultados da sua campanha de publicidade uma vez que a Google tem em consideração a qualidade dos conteúdos do endereço de destino quando define a ordem dos anúncios pagos a apresentar.

A importância dos bons conteúdos para a Google

Como sabemos, a Google percorre a internet indexando informação sobre as páginas e os sites disponíveis. Quando um utilizador pesquisa por um determinado termo a Google vai apresentar os resultados que acha que serão úteis aos utilizadores por ordem de relevância.

Esta ordem é calculada por um algoritmo que é constante actualizado (a última versão chama-se Penguin, e sucedeu ao Panda). O algoritmo analisa elementos que tanto podem ser usados para o bom SEO (White Hat SEO), como para o mau (Black Hat SEO) - as metatags title e description, os URL amigos do utilizador, etc - bem como elementos que provam a qualidade dos conteúdos do seu site. Estes últimos são os mais decisivos para a classificação final da Google.

A importância do social

Segundo a própria Google, o seu site deve ter conteúdo apelativo e útil já que os sites interessantes divulgar-se-ão si próprios através do passa-palavra.

Um dos factores que a Google utiliza para determinar o valor dos conteúdos é a sua importância social porque esta revela a qualidade dos conteúdos da página: uma grande quantidade de likes, tweets, +1s, referências em blogs importantes, etc, revela interesse por parte dos utilizadores e é sinal de conteúdos com valor acrescentado.

Resumindo

Se quer que o seu site esteja bem posicionado, crie conteúdos originais e únicos que sejam interessantes para o seu público-alvo e tire partido do SEO para os divulgar.

Para saber mais sobre este tema consulte o Guia de SEO para principantes da Google.